Notícias

Colômbia – O Novo Brasil

2012-10-26
A Colômbia é considerada a terceira maior economia da América do Sul com um crescimento do PIB em 2011, de 5,5% e uma taxa média de crescimento anual desde 2004, de 4,7%.

É o único país da América do Sul rodeado por mar nas suas costas (Pacífico e Caribe), proporcionando vantagens ao transporte comercial de mercadorias. Conta também com grandes portos industriais e uma série de hubs comerciais, tais como: Bogotá, Medellín, Cali, Barranquilla e Cartagena. Muito têm contribuído, as suas rápidas melhorias em termos de segurança, educação, condições judiciais e infra-estruturas públicas. Com um crescimento constante da economia, a Colômbia pode hoje ser considerada, um mercado livre, atraindo IDE de todo o mundo. O ano de 2012 tem sido marcado pelo alto investimento em hotelaria e imobiliário. 


O Governo tem um programa de investimento em infra-estruturas na ordem dos 100 mil milhões de dólares, dada a necessidade premente que a Colômbia tem de novas tecnologias e equipamentos para modernizar e atualizar os equipamentos obsoletos da indústria local. A Colômbia continua a ter a sua economia altamente baseada na exportação de recursos próprios como o minério e o petróleo, que respondem por dois terços de todas as exportações nos últimos anos. Por outro lado, o crescimento do sector comercial está ainda bastante retardado por práticas de negócios ilegais, como o contrabando e o mercado paralelo. 

Existe ainda um baixo nível de protecção dos direitos de propriedade intelectual e um sistema bancário fraco que podem influenciar o desenvolvimento dos negócios internacionais. A U.E. assinou um acordo comercial com a Colômbia e o Peru, a fim de acabar com as obrigações anuais pagas por exportadores europeus (aproximadamente 270 milhões de euros). 

A Market Access, através da sua representante local, em Bogotá, oferece assistência a empresas internacionais dispostas a fazer negócios no país.